Group 212.png

Blog DSD

Quer calcular o lucro diário do caixa? Isso não será possível!

O saldo disponível no caixa é a liquidez da empresa, portanto, o que sobra no caixa não é o lucro do negócio.


Certa vez me perguntaram se é possível saber o “lucro diário do caixa”. Surpreso com a pergunta e preocupado com esse empreendedor, que provavelmente estava tendo problemas financeiros por considerar o valor em caixa como lucro, decidi ajudar.


Percebi que responder a pergunta, propriamente dita, já não era tão importante quanto alertá-lo para o fato de que a empresa poderia estar perdendo dinheiro por uma compreensão enganosa de seus números.


O “lucro diário do caixa” não existe


Comecei explicando que o que sobra no caixa não é o lucro, mas a liquidez. Ou seja: é o dinheiro disponível para pagar as contas do dia a dia da empresa! Como “lucro” e “caixa” dizem respeito a diferentes informações, não existe “lucro diário de caixa”. O que podemos ter é o lucro de um lado e o saldo diário disponível do outro, em análises diferentes.


Porque o lucro é calculado em uma análise contábil, e independe de o valor negociado com os clientes ter entrado ou não. Já o dinheiro do caixa parte de uma visão gerencial, que considera apenas o que efetivamente entrou e saiu do caixa, independentemente do total negociado. Como em compras/vendas a prazo, que o dinheiro entra/sai aos poucos.


Por fim, esclareci que, com um controle adequado do Fluxo de Caixa é possível calcular o saldo diário disponível. Além de poder usar essa informação, entre outras do Fluxo de Caixa, para tomar decisões acertadas quanto às finanças da empresa. E recomendei a leitura do artigo “O lucro não representa a saúde financeira da empresa“, que tem mais detalhes sobre esse tema e algumas dicas sobre gestão financeira.


A confusão de conceitos compromete a saúde financeira


Depois do ocorrido, fiquei pensando nas situações que tenho presenciado em diversas empresas, quanto à gestão financeira… Então eu me dei conta de que essa confusão de conceitos é relativamente comum entre empresários brasileiros, comprometendo a saúde financeira de muitas dessas empresas. Principalmente quando seus gestores acreditam que estão no caminho certo, pois, assim, continuam no círculo vicioso da falta de dinheiro para pagar as contas do dia a dia, sem entender porque isso acontece.


Em contrapartida, tenho visto que todos aqueles que, mesmo tendo dúvidas ou dificuldade, procuram entender os números do negócio partindo de uma (re)educação financeira conseguem identificar a causa dos problemas financeiros dentro da própria gestão e, com essa informação, tomar as decisões apropriadas para colocar o negócios nos trilhos novamente.


Por isso, se você tem uma empresa que gera lucro, mas não consegue pagar todas as contas, posso lhe dizer com segurança, mesmo sem conhecê-lo, que você pode encontrar a solução dentro do seu negócio. Quer saber como? Veja o artigo “Olhar Empreendedor – Como ter uma visão completa das finanças”.